O novo Hopi Hari está lindo! Um dia no parque temático após a reinauguração em Vinhedo


Para quem acompanha o blog, sabe que em junho de 2016 fui comemorar meu aniversário lá no Hopi Hari, antes de seu fechamento e reinauguração. Na série de posts sobre a nossa visita contei detalhes de um parque que, mesmo em um mar de dificuldades, cumpriu a promessa de diversão para nós quatro, pois foi um dia muito divertido.



Após tantas notícias e o fechamento, o Hopi Hari reabre majestosamente em uma festa linda para a imprensa e convidados no dia 4 de agosto de 2017, dia em que eu corria com minha filha para um hospital onde foi diagnosticada com pneumonia, motivo pelo qual não pudemos participar da reinauguração.  Mas há males que vem para o bem, e fomos ao novo Hopi Hari dia 2 de setembro, um sábado lindo de sol e com muito sonho e magia no ar!!!

A grande expectativa sempre é "será que vai estar lotado?", "será que vamos pegar filas demoradas?", mas seguimos viagem na confiança de que o limite de visitantes/dia de 5 mil seria cumprido. E foi!

Resultado? um dia MARAVILHOSO.

Eu e meu marido voltamos no tempo. Parecia que estávamos lá no ano de 1999, quando visitamos o Hopi Hari em sua primeira inauguração. Só que agora foi melhor, mil vezes melhor: estávamos com nossos dois filhos. Sobrinhas. FAMÍLIA.


E parte de uma GRANDE FAMÍLIA nos sentimos ao sermos recepcionados tão carinhosamente pelo "Prezidan" do Hopi Hari e sua filha, José David Xavier e Victória Xavier, logo na entrada, e depois por todos os sorridentes "habitaris".  Brincamos com o fato de nossos sobrenomes serem os mesmos (Xavier), mas a sensação de "sermos da família Hopi Hari" está em cada sorriso, cada cor, cada detalhe que foi cuidadosamente repensado para esta reinauguração.


Os personagens recebem as crianças de braços abertos, ao som do saudoso Hino do Hopi Hari.




Incrível e encantadora a transformação do Hopi: lojas abertas, atrações funcionando, e muitas "ruas fantasmas" que visitamos ano passado não existem mais. O amor e a magia passaram por ali e ali ficaram. Para vocês terem uma ideia, abaixo uma montagem do mesmo local que ano passado estava fechado, com ares de abandono, e que hoje voltou a ser a sorveteria oficial do parque. 



A Giranda Mundi, a roda gigante mais fotografada desse país, está multicolorida, linda, e ao entrarmos no parque ela nos "puxa" como ímãs opostos, sabe? Por isso que o sentido horário se torna meio que "obrigatório" para rodar o parque.  Mas para quem já frequenta o Hopi sabe que, se resistir à tentação de seguir rumo à Giranda Mundi após entrar no parque,  e dobrar logo ali a direita na Torre Eiffel, você faz o percurso contrário, consequentemente pegando menos filas nas atrações do Wild West, o velho oeste do Hopi Hari. 😉






Área temática MISTIERI no Hopi Hari


A primeira área temática que atrai os grandinhos é a Mistieri, pois ela é toda de dar medo... Não é a toa que ali, durante a Hora do Horror, se concentram as múmias e faraós treinados para um sustinho básico nos mais desligados.

A atração mais procurada é a Montezum... Falei bastante dela quando estivemos no Hopi ano passado.

Montezum continua a Montezum, mas chegar à sua entrada e não ver filas é um sonho realizado. A espera era apenas a do carrinho chegando. E sim, ela continua assustadoramente deliciosa.



Hoje eu superei um medo besta no Hopi Hari. Muitas visitas se passaram sem eu ter tido a coragem de enfrentar o Katakumb. Quantas vezes não fiquei ali pertinho da porta saída só esperando ela abrir para ver o povo desesperado gritando saindo correndo de lá de dentro... 😂 Se você está rindo é porque já fez isso né? Eu sempre colocava a culpa no valor, pois era uma atração paga à parte. E pagar pra sofrer tô fora. Maaaassssssss..... agora é uma atração free! Embutidinha no seu passaporte tá? Não tem mais desculpas. Tem que ir. E virar piadinha para os que ficam lá na porta espiando sem coragem. Hahaha.



A atração é um barato... vá. Esse rapaz bonitão aí da foto acima te recepciona de forma muito educada e gentil. Trancafiam você e mais 3 ou 4 pessoas em uma antessala e .... não posso contar muito, mas você precisa sair de um labirinto amaldiçoado cheio de múmias alopradas e doidas pra te assustar. Sem contar as estátuas... as esfinges... as armaduras... as tumbas fechadas... É algo do tipo "segura na mão de Deus e vai!". Não perca.

Após Katakumb e Montezum, a atração radical da sequência é o tradicional barco viking, o Vulaviking. Mas gente, o Vulaviking do Hopi Hari não é um barco viking normal não tá? Já fui em vários, inclusive no do Beto Carrero World, que é o barco pirata. Todos ficam lights perto deste. O Vulaviking é maior. É mais forte. É uma atração que não dá pra perder.



Se você ainda tem tempo ANTES de almoçar, saia do Vulaviking e corre para a Vurang!!! (Obrigada Wallace, errei feio o nome antes kkk) É uma montanha russa indoor onde se você for de dia perde um pouco a graça, pois não consegue ser escura, mas de noite meu caro leitor... É 🔝 . Como não tinha fila alguma, deu para ir pelo menos umas oito vezes na Vurang neste dia, então vimos os raios solares em todas as posições lá dentro. O carrinho gira em torno de si mesmo, então você faz as curvas de costas, de frente, de lado... Péssima ideia ir de estômago cheio.




A Vurang (obrigada Wallace!!!) é uma das últimas atrações na divisa de áreas temáticas do Hopi Hari, ela fica na área "Mistieri", e dali a gente já tem acesso a área "Liga da Justiça". 

ÁreaTemática Liga da Justiça no Hopi Hari



A porta de entrada da área temática "Liga da justiça" são esse clássicos jatos d'água refrescantes. Vontade de entrar lá e lá ficar... como faz calor naquela terra meu Deus! Vinhedo é uma cidade MUITO quente. Na foto minhas meninas estão de tênis, eu esqueci totalmente de levar uma troca de roupa e chinelos! Justo eu... As crianças amam se molhar nessa área, deixe-os a vontade, mas vá prevenido.


Dismonti é a atração queridinha para todas as faixas etárias. Diversão clássica na medida. É a maior pista de bate-bate que conheço, nunca vi maior nos parques que já visitamos...  Só achamos que o tempo entre todos se acomodarem, colocarem cintos, e o brinquedo realmente funcionar, é maior que a duração da atração, o que precisa realmente melhorar. Falamos da Dismonti nos posts do ano passado, e não estava tão demorado assim!


Essa área da Liga da Justiça tem atrações muito legais... A Katapul é outra montanha-russa de um só looping, bem radical... Adoro o efeito sonoro de quando o carrinho é lançado! E a pior (no sentido de medo) sensação é a da volta, quando você desce e faz o looping de costas, sabia? 



Uma publicação compartilhada por Vem Pro Parque! 🎡 (@vemproparque) em


Ali pertinho está o "suntuoso" Palácio da Justiça, local que ano passado estava entupido de gente e mal consegui entrar... Hoje dava pra dançar valsa no salão! Lá dentro temos acesso à lojinha da Liga, que de lojinha não tem nada, é um enorme "lojão":



A praça de alimentação é enorme e lá dentro é o único local do parque que encontramos massas para as refeições. 



Na entrada tem uma "exposição" dos heróis muito legal, os pequenos vibram. Dá para tirar fotos lindas da criançada nas esculturas e paredes decoradas. 


Ainda na área da Liga da Justiça ficamos um bom tempo curtindo a montanha-russa do Batman! Seu nome é Bat Hatari, mas  não adianta... para nós sempre será a montanha-russa do Batman... 

Não pense que é só para pequenos não! Ela é forte, e para quem já esteve no Beto Carrero, é um nível de adrenalina igual à montanha russa do Tigor. Minha sobrinha linda que o diga... abaixem o volume ANTES de dar o play!





Pintura é tudo não?
Cinemotion
Tem uma atração bem ao lado da entrada da Liga da Justiça que até pode passar despercebida, pois é um cinema, o Cinemotion - Lanterna Verde contra Paralax. Como são sessões definidas, quando você ver uma fila se formando é porque a atração está prestes a começar. Mas não perca seu tempo, a não ser que esteja com crianças pequenas fanáticas por super heróis.  Trata-se de um cinema com cadeiras simuladoras de movimento, a primeira impressão é fantástica, pois para quem ama simuladores como eu a beleza do equipamento é de encher os olhos. Mas, após apertar os cintos e ligarem o telão... decepção. A cadeira trepida, mas lá no telão assistimos à luta final do filme do Lanterna Verde. E nem em 3D é a brincadeira. Totalmente sem graça para quem espera algum tipo de emoção. Mas pequenos super-heróis irão curtir enquanto os pais descansam um pouco as pernas... hehehe.

Abaixo algumas fotos internas do Cinemotion... é bonito mesmo!




Hora da fome no Hopi Hari... onde comer?


Bom, já citei acima que dentro do Palácio da Justiça tem massas... Mas quem vai ao parque de diverões pra comer macarrão? hahaha... As crianças querem hambúrguer, refrigerante, batatas-fritas, sorvete, pipoca, churros... Prepara o bolso!

No Hopi Hari tem vários pontos de alimentação, todos funcionando, e nós escolhemos almoçar lá no Wild West. 

Os adultos queriam comer um prato de comida dentro do Saloon (sim, lá onde acontece o "Saloon Show" tem uma comidinha boa, contei tudo aqui nesse post do ano passado.) Mas as crianças venceram... Partimos para a lanchonete do velho oeste e olha só que delícia...




Eu já estava com vontade de comer esse hamburguer quando o Prezidan do Hopi Hari mostrou como ele estava sendo feito, bem maior, o dobro de carne, etc. Aprovadíssimo, bem saboroso. 




Área temática Wild West do Hopi Hari


Bom, depois de toda comilança, fomos curtir a área temática Wild West.... e por lá tem muito mais diversão... No dia da nossa visita o Evolution ainda estava em fase de testes finais, mas ok, como voltaremos em breve, ainda vamos curtir aquela loucura toda...

Mas a atração que conquistou à todos aqui foi o Rio Bravo 💓


Estávamos em oito pessoas, e a boia comporta até nove... Foi a melhor farra de todas. Perdi a conta de quantas vezes demos a volta na atração. Em algumas vezes nem da boia saíamos, pois haviam muito mais boias do que pessoas... Aqui uma única dica: vá prevenido pois MOLHA pra valer!


Nessas horas que senti falta do chinelinho na mochila, da troca de roupa para as crianças... não levei nada! O Rio Bravo é bem brabo mesmo, coloca os seus concorrentes "Rio Selvagem" do Thermas dos Laranjais, e o "Madagascar Crazy River" do Beto Carrero World no chinelo! 😂

Ainda em Wild West curtimos Spleshi, o famoso tronco de árvore que despenca na água... mas como ele passa por um túnel em sua queda, toda a água que sai... volta! E a molhadeza continua...


Outra atração bacana que está inclusa no passaporte e que antes não era free, é a Tiroleza! Ela atravessa o lago e o visual é maravilhoso. 


Esse lago com o visual do pôr do sol é a coisa mais linda, não perca!

Ainda no velho oeste está o West River Hotel, o tradicional trem fantasma no carrinho que a cada virada te dá um sustinho...


Na frente do Hotel está o Saloon do Hopi Hari, um lugar que amamos, maravilhoso para almoçar assistindo à um show delicioso e animado que contamos em detalhes aqui. Como fomos em época da Hora do Horror, e o parque ainda opera com um número bem menor de funcionários, o Saloon Show estava temporariamente desativado, pois seus artistas estavam todos empenhados na Hora do Horror. 


E quem não faz pose aqui não foi ao Hopi Hari!

E vamos falar ta tal "Mina del Joe Sacramento"? Se você sofre de pensar nessas atrações, mas morre de vontade, faz assim: comece com o West Hotel, o carrinho do trem fantasma. Depois, se estiver tudo bem com você, na mesma rua do velho oeste entre na fila para a Mina do Joe. Joe é um cara legal, dá tchauzinho na porta para as crianças, não morde e vai te levar lá para o fundo da mina dele. O elevador desce e não para mais... hehehe... Se conseguir sair bem da Mina do Joe, sem tremedeira ou dores de barriga, toma um sorvetinho, relaxa, respira, e vá lá pro Katakumb, a cerejinha do bolo! Como eu sei que é capaz de superar todos eles, faça como eu: comemore muito na balada da Hora do Horror mais tarde, onde seus novos amigos vão comemorar com você! (Hora do Horror acontece geralmente nos meses de setembro e outubro)

E as mães que me lêem devem estar perguntando: e as atrações mais infantis? Elas existem sim, embora algumas dessas já citadas aceitarem crianças pequenas, confiram sempre no site do Hopi Hari ou na entrada das atrações a altura mínima.

Área temática Pernalonga e sua Turma


Esta área é o paraíso dos baixinhos... É lá que se encontra o famoso Mamadero da Vovó, um fraldário super fofo e com tudo que as mamães precisam. Os banheiros ali ao lado são todos infantis.




São muitas atrações, mas a que vou dar destaque é a que agrada até os mais velhos: a Lokolorê. É uma versão modernosa das tradicionais xícaras malucas, mas essas latas de tinta rodam em 3 níveis diferentes, por isso chamo as latas de "Lokolorê 3D" 😂. Giram em seus eixos, depois gira em grupos de 3 latas, e tudo isso girando gira também... gira tudo junto e misturado. Deu pra entender? Não? Então assiste:



Outras atrações que fizemos ano passado repetimos também, mas não mudaram muita coisa além da renovação de cores e manutenção perfeita. Kastel di Lendas está com a pintura belíssima!!! E nessa área acontece um show super fofo para os baixinhos, dentro de um anfiteatro, vale a pena 

Fechamos o dia com chave de ouro assistindo a abertura da Hora do Horror...  A Hora do Horror é um evento anual que acontece nos meses de setembro e outubro no Hopi Hari, e a partir das 18h um verdadeiro espetáculo dançante atrai todos os visitantes. Este ano, com o tema "Karnak - A Madição da Tumba", sustos e risadas são garantidas.  Após a abertura, ao andar pelo Hopi Hari, muito cuidado. Você pode ser surpreendido a qualquer momento pelo Deus Anúbis, por uma múmia aloprada (sim, todas elas são - olha só como essa então foi "metida" na nossa selfie!) ou faraós "do mal". 


Hora do Horror 2017






Serviço


Hopi Hari - O País mais Divertido do Mundo!

Passaporte: R$ 150,00 (com direito a todas as atrações)
Estacionamento: R$ 40,00
Passaporte + Estacionamento: R$ 170,00
Funcionamento: de 6ª à Domingo, das 11:00 às 20:30h.
Rod. dos Bandeirantes, km 72 - Vinhedo - São Paulo - Brasil 









2 comentários

  1. Boa noite, acredito que você tenha feito uma confusão. A montanha russa que tem os carrinhos que giram em seu próprio eixo se chama Vurang! Simulaktron é um que fica ao lado da Vurang que é um simulador. Espero ter ajudado. Wallace Magalhães.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Wallace, você tem toda a razão... fiz a maior confusão com os nomes das duas atrações... e olha que i, reli, li, reli... Erro imperdoável! O que seria de mim sem meus leitores... Valeu, grande abraço!

      Excluir

Vai ser muito bacana ter um comentário seu aqui! Todos os comentários do blog são moderados, então em breve será publicado. Enquanto isso continue curtindo nosso blog, Vem pro Parque!